Três conselhos para criar filhos de acordo com a bíblia

 

Ter filhos é uma herança de Deus para a humanidade. A vontade de Deus é que o homem se case e se multiplique. Contudo, criar filhos na atualidade é um desafio, pois vivemos em um contexto do ‘tudo pode’.

criandofilhos

Se quisermos criar filhos nos caminhos corretos devemos tomar como base principal a palavra de Deus. Com isso será possível educá-los e ensiná-los a andar no caminho certo.

Veremos a seguir, três conselhos para criar filhos de acordo com a bíblia.

1) Ensine a criança:

Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele!” Provérbios 22:6.

Devemos ensinar para nossos filhos qual é o caminho que ele deve andar, e isso começa na infância. Muitos adultos possuem um comportamento inadequado porque receberam uma educação deficiente quando crianças.

É importante que nossos filhos aprendam desde cedo o que é correto para que quando estiverem velhos continuem no bom caminho. Devemos ensinar a honestidade, a paz, o amor ao próximo, a fé em Deus e ensinar o valor da obediência.

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei.
E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências. Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.
Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros
”. Gálatas 5:22-26.

2) Faça correção:

Pois o Senhor corrige a quem ama e castiga todo aquele que reconhece por seu filho {Pr 3,11s}.
Estais sendo provados para a vossa correção: é Deus que vos trata como filhos. Ora, qual é o filho a quem seu pai não corrige
?”
Hebreus 12:6,7.

O pai que ama o seu filho faz a correção. Deus nos prova de seu amor todos os dias, e sempre aplica correção em nossas vidas através de sua palavra. Dessa forma devemos proceder com nossos filhos.

A correção não pode ser ignorada. Se percebermos que um de nossos filhos mente, devemos corrigi-lo de forma que ele aprenda a falar a verdade. Se nosso filho gosta de ser esperto e levar vantagem, devemos corrigi-lo para que ele seja honesto e sincero.

Corrigir não quer dizer bater o tempo todo ou ser violento, mas quer dizer que devemos orientar nossos filhos dentro daquilo que é correto. Talvez o seu filho não entenda o motivo de sua correção hoje, mas futuramente irá agradecer.

3) Ensine a verdade:

Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim”.  João 14:6.

Jesus é o caminho a verdade e a vida, conforme podemos ver na bíblia através de João capítulo 14 e versículo 6.

Esta é uma dica muito importante: Ensinar a verdade. Isso implica em tirarmos da vida dos nossos filhos tudo aquilo que é padrão do mundo.

Seja qual idade seu filho tenha, é importante que ele entenda o verdadeiro caminho.

No dia a dia existem muitas coisas desviam nossos filhos da verdade. Se uma escola faz uma festa de halloween e não nos importar que nossos filhos participem, estamos deixando que eles façam parte de algo que não é a verdade. É preciso impedir que eles participem daquilo que não é a verdade.

E como impedir isso? A resposta é: estudando a bíblia com eles. Falar da bíblia com eles é mostrar a verdade para eles. O segredo de tudo é manter o diálogo.

Se o seu filho entender aquilo que é verdade, ele mesmo rejeitará participar de festas ou eventos que não agradam a Deus.

Converse com seus filhos, ore por eles e com eles. Tire um tempo para estudar a bíblia com eles. Mantenha um diálogo agradável com eles. Leve-os para a igreja. Faça uso de versículos com fácil entendimento e oriente-os sobre qual é a vontade de Deus.

Educar seu filho e ensiná-los a andar nos caminhos de Deus é uma das maiores provas de amor que você pode fazer por ele.

Conclusão:

Construir uma família é plano de Deus. Mesmo diante da dificuldade em criar filhos na sociedade atual, podemos proporcionar uma boa criação se tivermos como base a bíblia. Deixe que Jesus seja a base de sua família e de todos os seu filhos.

O que aprendi com Mateus 5

O sermão da montanha

sermao

Mateus 5:1-11:

  1. Jesus, pois, vendo as multidões, subiu ao monte; e, tendo se assentado, aproximaram-se os seus discípulos,
  2. e ele se pôs a ensiná-los, dizendo:
  3. Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.
  4. Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.
  5. Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.
  6. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque eles serão fartos.
  7. Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.
  8. Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.
  9. Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.
  10. Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.
  11. Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós por minha causa.

O que representa o sermão do monte?

O termo bem-aventurado representa todo aqueles que receberam o amor de Deus e a sua presença diária.

Para recebermos as bênçãos de Deus existem condições que devem ser cumpridas. Devemos viver segundo o padrão que Deus nos revela segundo a sua palavra.

Vamos ver a seguir alguns padrões que Jesus nos deixou, como forma de sermos Bem-aventurados.


Ser humilde de espírito:

Deus não se agrada daquele que é orgulhoso e presunçoso.  A pessoa humilde ou pobre de espírito reconhece que depende do Espírito Santo, ela entende que precisa da graça de Deus para alcançar a vida eterna.

Maior parte das pessoas que são orgulhosas vão afirmar que são humildes. Concluímos que quando uma pessoa não reconhece o seu orgulho existe uma falta de humildade.

Para ser humilde é preciso reconhecer os pecados e reconhecer que necessita do perdão de Deus.

Jesus é o nosso maior exemplo de humildade. Uma pessoa que segue este exemplo de Cristo nunca vai se achar melhor que a outra e nem vai querer humilhar as pessoas.

Bem-aventurado os que choram:

O ato de chorar é o ato de contristarmos por alguma situação, como por exemplo chorar por nossas fraquezas, chorar por arrependimento, chorar pela causa de algum familiar ou irmão em Cristo. O choro representa um quebrantamento diante de Deus.
Jesus nos diz que a recompensa daqueles que choram será o consolo, que vem do Espírito Santo de Deus.

Os mansos herdarão a terra:

Jesus é o nosso maior exemplo de mansidão. Se quisermos herdar a terra precisamos seguir o exemplo de Cristo.

Aquele que é manso representa humildade e submissão diante de um Deus santo.

A mansidão que Jesus nos diz nao se trata de um comportamento, e sim do coração. Quando o homem recebe Jesus em seu coração ele recebe a plenitude de Cristo, devendo ser como Ele: manso e humilde de coração.

Bem-aventurado aquele que tem fome e sede de justiça:

É preciso ter fome e sede de tudo aquilo que vem de Deus, pois ele é fonte de toda justiça.

A justiça é andar naquilo que é certo. Devemos ser justos uns com os outros. Jesus é justo, é manso, é humilde, Ele é o nosso grande exemplo a ser seguido.

Ser misericordioso:

Deus nos prova de sua misericórdia através do seu amor. Não merecemos o preço que Jesus pagou, mas pela misericórdia recebemos desse amor.

Devemos nos compadecer daqueles que sofrem ou vivem aflições.  Devemos apresentar atitudes de compaixão um com os outros.

Ser limpo de coração:

Os limpos de coração são aqueles que se arrependam dos seus pecados e receberam Jesus em seus corações.  São aqueles que agora se esforçam andar no caminho que agrada a Deus.

Ser pacífico:

Os pacificadores representam aquelas pessoas que se esforçam para levarem as pessoas (inclusive seus inimigos) para a paz de Deus.

Bem-aventurado os perseguidos:

Aqueles que são perseguidos por não negarem sua fé em Deus são de fato bem-aventurados.

Todo aquele que não mente sobre sua fé, todo aquele que reconhece que Deus é o Senhor, todo aquele que sofre por causa do nome de Jesus recebe da graça de Deus.

Conclusão:

Devemos seguir estes princípios que Jesus nos ensinou através do sermão da montanha, a fim de alcançamos as promessas de Deus para as nossas vidas. Todo aquele que é bem-aventurado desfruta de uma alegria única, de uma paz indescritível.

Eu posso dizer hoje que memorizei todo o sermão do monte e a maneira que me ajudou muito foi fazendo um curso indicado no site http://soubacharelemteologia.com/ de memorização da bíblia. Acesse aqui o curso de memorização

Como ser um cristão melhor na igreja

Ser cristão é seguir a Cristo. Esta é uma missão difícil nos dias atuais, mas o Senhor nos capacita e fortalece dia após dia. Se você está com sua vida nos caminhos de Deus, saiba que tem muitas atitudes que podem contribuir para o seu crescimento espiritual.

bom testemunho

Vamos ver neste artigo algumas dicas para que você seja um cristão melhor na igreja.

Leia a Bíblia:

Ler a bíblia é extremamente importante para uma pessoa que segue a Jesus. Pois é na bíblia que podemos compreender qual é a vontade de Deus.

Quando você se aprofunda na leitura deste livro você adquire conhecimento, com isso você pode levar a palavra para um irmão que esteja aflito ou para um perdido nos caminhos errados. Além disso, você adquire conhecimento para o seu próprio crescimento.

Veja o que temos no Salmo 119:105: “Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho. ”

Perdoe e peça perdão:

O perdão é um fator muito importante. Cristo é o nosso verdadeiro exemplo, e como seguidores devemos buscar semelhança com Ele.

A falta do perdão atrapalha nossas orações e deixa nossos corações amargurados.

“Portanto, se você estiver apresentando sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você,
deixe sua oferta ali, diante do altar, e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta. “
Mateus 5:23,24

Este versículo nos mostra como é importante fazermos um concerto com nosso irmão. O contexto que Jesus descreveu no versículo acima se refere ao ato de levarmos uma oferta, e pedirmos perdão antes de apresentar a oferta.

Mas isso pode ser aplicado em todas as áreas de nossas vidas, visto que tudo aquilo que fazemos entregamos a Deus, e precisamos entregar com mãos limpas e coração curado.

Ore constantemente:

Veja o que temos na palavra do Senhor: 1 Tessalonicenses: 5:17: “Orai sem cessar.” 

A oração nos torna sensível ao Espírito Santo. Com isso podemos andar de acordo com a palavra de Deus. Quando oramos com frequência nos tornamos cristãos melhores, pois nossas atitudes são conduzidas por Deus em cada detalhe.

Louve ao Senhor:

“Louvai ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre”. Salmos 107:1

O louvor é parte fundamental na adoração a Deus. Quando louvamos estamos expressando o poder de Deus através de canções.

Quando estiver na igreja louve ao Senhor, se concentre em buscá-lo nesse momento tão importante.

Se alegre por estar na casa de Deus:

Porque vale mais um dia nos teus átrios do que mil. Preferiria estar à porta da casa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios. Porque o SENHOR Deus é um sol e escudo; o SENHOR dará graça e glória; não retirará bem algum aos que andam na retidão.” Salmos 84.10,11.

Quando estiverdes na igreja, se alegre na casa do Pai. A alegria de um irmão pode contagiar o outro. Mesmo diante dos problemas alegre o seu coração.

Quando passamos por situações de conflitos, a melhor estratégia é alegrar o coração e manter a esperança no Senhor.

Mantenha os frutos do Espírito Santo:

Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio.” Gálatas 5:22-23

Ande no fruto do Espírito Santo, que é amor, alegria, paz, bondade, mansidão, domínio próprio, longanimidade, benignidade e fidelidade. Mantendo essas atitudes com sua família e com seus irmãos na fé, com certeza você será um cristão melhor e cheio do Espírito Santo.

Fique atento com a pregação:

Logo a fé vem pelo ouvir, e o ouvir vem pela palavra de Cristo”.  Romanos 10:17

A pregação da palavra é uma das partes mais importantes de um culto, devemos nos atentar, pois é neste momento que Deus usa o ministrante para falar em nossas vidas.

O aprender vem pelo ouvir. Devemos nos atentar e ouvir tudo aquilo que Deus tem para falar. Cada pregação fala algo diferente em nossos corações, nos ensinando coisas novas que nos permite sermos melhores dias após dia.

Conclusão:

Estas são algumas dicas que você pode seguir para viver de forma alegre na igreja. Além disso, mantenha o seu bom testemunho, pois ele influencia muito dentro e fora da igreja.

 

Se Deus é bom por que ele permite o mal?

Vivemos em um contexto onde tragédias acontecem todos os dias. Muitas pessoas e famílias sofrem. E neste sentido surge uma pergunta que muitas pessoas fazem: ‘por que Deus permite o sofrimento?’

deus permite o sofrimento

Algumas pessoas questionam como um Deus de amor pode deixar existir coisas como doenças, dor, morte, guerras, conflitos e outros tipos de sofrimento. Vamos ver a seguir, alguns pontos para entendermos o porquê do sofrimento e como Deus promete o consolo em nossas vidas.

O Homem possui livro arbítrio  

O juízo sobre o homem existe desde quando Adão pecou, ali já foi estabelecido um juízo de Deus sobre ele e seus descendentes. Adão pecou ao desobedecer aquilo que Deus ordenou, e Deus conhece todas as coisas e estava vendo o ato de Adão, mas Ele permitiu que o mesmo pecasse, pois Ele permite que o homem trace os seus caminhos.

Na bíblia, está escrito ‘Onde o Espírito de Deus está, aí há liberdade’  2 Coríntios 3:17. E ainda temos na bíblia ‘Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma’ 1 Coríntios 6:12’

Como podemos ler nos versículos da bíblia, Deus permite que o homem defina o seu caminho. Vivemos em uma sociedade com diferentes tipos de pessoas, e cada uma percorre um caminho, percorre uma rota diferente. Temos pessoas que entram no mundo das drogas, temos pessoas que roubam outras e até mesmo lhes tiram a vida, temos pessoas que abandonam crianças, e assim por diante. É a escolha do homem.

Mas de fato, Deus não é um Deus de injustiça. Na palavra do Senhor temos que “Deus retribuirá a cada um segundo o seu procedimento.” Romanos 2:6. Deus retribuirá cada um de acordo com suas obras.

“Ora, Deus retribui ao homem de acordo com o que este faz, e lhe dá o que a sua conduta merece”. Jô 34:11

Deus fez previsão de tudo que iria acontecer

Deus nos revelou por meio de sua palavra tudo aquilo que já iria acontecer: a morte do homem, a dor do parto, que filhos se levantariam contra pais, nações contra nações. Tudo isso e muitas outras coisas já foram ditas por Deus em tempos antigos e encontramos isso em sua palavra.

A morte, por exemplo, é uma questão que todos nós precisamos lidar, embora traga grande sofrimento este é o fim de cada pessoa. Além disso, diversas outras situações podem nos levar para uma situação de sofrimento, mas a palavra do Senhor nos promete o consolo:

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós.
Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais, mas vós me vereis; porque eu vivo, e vós vivereis”
. João 14:16-19

A regra da colheita:

Esta é uma questão que pode ser difícil de entender, mas existe a regra da colheita para todos nós. Muitas vezes não colhemos algo que plantamos, mas a nossa geração colhe aquilo que veio de nossos atos.

Por isso é muito importante a oração e o arrependimento, para que possamos fazer um conserto de forma que Deus alivie a nossa geração de descendentes. O problema é que muitos ainda não reconhecem seus erros, e acabam deixando coisas do passado sem conserto, sem cura.

Não vos enganeis: Deus não se permite zombar. Portanto, tudo o que o ser humano semear isso também colherá! 8Pois quem semeia para a sua carne, da carne colherá ruína; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna. 9E não nos desfaleçamos de fazer o bem, pois, se não desistirmos, colheremos no tempo certo”. Gálatas 6:7-9.

Deus promete a recompensa

Deus não é cego e nem injusto. Ele retribui cada um conforme o seu coração, como foi dito anteriormente. Ele vai compensar todos aqueles que são atribulados, que passam por sofrimentos, que sofrem injustiças.

É preciso servimos a Deus e andarmos com sua palavra em nosso coração. A palavra de Deus nos proporciona alívio e consolo. Mesmo quando somos provados, quando somos tentados e quando sofremos, devemos acreditar nas promessas do Senhor. Ele nos deixou um consolador, e com isso temos a esperança que o Senhor renova nossas forças.